Climate tech: 300 milhões de euros investidos em Portugal

Climate tech: 300 milhões de euros investidos em Portugal
Andrea Canepa
Cofundador da Net-Zero Insights

A climate tech surge como uma oportunidade crescente em Portugal e que pode traduzir-se num fator de desenvolvimento sustentável. Quase 300 milhões de euros compõem o investimento total no setor, sendo que se estima que 16% das startups nacionais se dedicam a esta área. Estes são dados apresentados, em entrevista ao 2050.Briefing, pelo cofundador da Net Zero Insights, Andrea Canepa, cuja plataforma realiza relatórios estatísticos sobre o mercado global da climate tech.

Na sua ótica, este é um dado positivo, que coloca Portugal acima da média europeia, com um desempenho melhor do que economias com a mesma dimensão, como a da Grécia, Hungria, República Checa e Roménia. Apesar de estar atrás de países como o Reino Unido e Alemanha, defendeu que Portugal está a atrair muitos investidores, pelo que tem potencial para crescer.

Andrea Canepa, que falava à margem da Web Summit, que decorreu em Lisboa, deu ainda conta de que, em 2021, a climate tech recebeu 64 mil milhões de dólares em investimento. Este ano, até esta altura, estamos nos 59 e contamos chegar aos 80 mil milhões.

Conheça aqui o relatório referente a Portugal.

Partilhe

Talk

A sustentabilidade como motor de inovação e empreendedorismo

Edição

A sustentabilidade como motor de inovação e empreendedorismo

Receba em exclusivo o 2050

Newsletters, Talks, Edições, Podcasts sobre Sustentabilidade, Eficiência, Inovação, Mobilidade e Pessoas.