As vozes da sustentabilidade são um "agente de mudança"

As vozes da sustentabilidade são um "agente de mudança"
Ana Simaens
Coordenadora do MBA in Sustainable Management do Iscte Executive Education

Foi apresentado como sendo, provavelmente, o livro mais completo sobre o tema em Portugal e há uma explicação. Nas palavras da coordenadora do MBA in Sustainable Management do Iscte Executive Education, Ana Simaens, “101 Vozes pela Sustentabilidade” diferencia-se pela sua diversidade e abrangência. E – afirma ao 2050.Briefing – não é apenas mais um, é um “agente de mudança”.

“O livro ‘101 Vozes pela Sustentabilidade’ diferencia-se pela sua abrangência, não só em termos da diversidade de ‘vozes’ vindas dos mais variados quadrantes da sociedade e setores económicos, mas também em termos dos assuntos abordados nos mais de 90 capítulos repletos de uma urgente e muito necessária discussão e assunção de compromissos à volta da temática da sustentabilidade”, justifica.

Coordenado pela equipa do ISCTE Executive Education – da qual Ana Simaens faz parte – e pela jornalista Mónica Bello, e editado pela Oficina do Livro, o livro conta com a nota introdutória do secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, e aborda da transição energética ou transição verde aos ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, passando por: natureza positiva; NetZero; descarbonização; critérios ESG – Environmental, Social, Governance; desperdício; circularidade; desigualdades; 3P da sustentabilidade – People, Profit, Planet, aos quais se juntam Purpose e Prosperity; igualdade de género; entre outros.

“O desafio lançado a quem quis participar incluiu quatro questões que permitiram mergulhar no tema, dar visibilidade ao que de tão positivo já se faz em Portugal nestas matérias, ao mesmo tempo que se permitiu despertar um pensamento crítico sobre a realidade, competência vital nos dias de hoje”. Foram elas:

1) Por que precisamos de nos preocupar com os desafios colocados pelas megatendências ligadas à sustentabilidade?

2) Como é que a sua organização / setor / contexto tem enfrentado os desafios colocados por essas megatendências?

3) O que é a sua organização / setor / contexto tem feito em concreto, em termos de produtos e serviços, para dar resposta a esses desafios?

4) Em termos pessoais, como vê o futuro do nosso planeta, quais as principais ameaças e quais as grandes oportunidades?

Resultou em – partilha Ana Simaens – contributos mais técnicos, mais inspiradores, com visão estratégica para o futuro, versando sobre empresas, setor público e privado sem fins lucrativos, com relatos pragmáticos dos desafios reais enfrentados, “mas ao mesmo tempo carregados de esperança”.

“Para quem tiver curiosidade, alerta-se que este não é um livro para se ler do início ao fim como uma obra literária que conta uma história; nem um manual onde se vai à procura de definições, conceitos e respostas a dúvidas. O ‘101 Vozes pela Sustentabilidade’ é, em si, um agente de mudança (…) Fica o convite”, remata.

101 Vozes pela Sustentabilidade

Partilhe

Talk

Que energia para uma Europa em guerra, que expectativas face a um futuro incerto?

Edição

Que energia para uma Europa em guerra, que expectativas face a um futuro incerto?

Receba em exclusivo o 2050

Newsletters, Talks, Edições, Podcasts sobre Sustentabilidade, Eficiência, Inovação, Mobilidade e Pessoas.