Uma cidade neutra em carbono? Está a nascer na Alemanha

Uma cidade neutra em carbono? Está a nascer na Alemanha
Tegel Projeckt
Antevisão da cidade futura

E se um aeroporto abandonado se transformasse num bairro, desenhado do zero, a pensar no clima? Não é utopia, está já a acontecer em Berlin no que até há um ano foi o Aeroporto de Tegel. As pessoas são a prioridade do Tegel Projekt.

Assim, algumas partes do aeroporto serão reutilizadas, com os terminais a serem convertidos em espaço para investigação e startups. Mas, toda a envolvente da pista principal será repensada para dar lugar a cinco mil apartamentos enquadrados por zonas pedestres, ciclovias, parques, escolas e lojas. Tudo neutro do ponto de vista das emissões carbónicas. Este será o Bairro Schumacher, planeado para devolver as ruas e praças às pessoas, de modo a que o espaço público sirva para socializar.  

O bairro será livre de carros, com algumas exceções, nomeadamente para veículos de pessoas com mobilidade reduzida. Haverá, no entanto, acesso a transportes.

Os edifícios residenciais serão construídos em madeira, naquele que poderá ser o maior aglomerado do género em todo o mundo. É que a madeira permite armazenar CO2, além de que evita a utilização de materiais nocivos ao ambiente, como o betão.

Haverá igualmente o que é designado como “uma cidade esponja”, isto é, o design dos edifícios terá soluções para, por exemplo, capturar a água da chuva e prevenir inundações. Alguma dessa água será utilizada nos telhados verdes e nos jardins e a restante armazenada sob o solo.

Os passos iniciais estão a ser dados no terreno, com a limpeza do aeroporto, em que subsistem resíduos das duas guerras mundiais. Em 2027, deverá ser possível ver as primeiras construções.

Partilhe

Talk

O poder das pessoas como agentes de mudança

Edição

O poder das pessoas como agentes de mudança

Receba em exclusivo o 2050

Newsletters, Talks, Edições, Podcasts sobre Sustentabilidade, Eficiência, Inovação, Mobilidade e Pessoas.