O poder das pessoas como agentes de mudança

 

Pessoas. São elas que estão no centro da segunda talk 2050.Briefing, numa abordagem à luz do pilar Social da Sustentabilidade, mas também à luz dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Nesta talk, que tem como pivot Joana Guerra Tadeu, a “Ambientalista Imperfeita”, reúnem-se as perspetivas de quem tem como missão desenhar as políticas públicas – como a ministra do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho – com as de quem assume a tarefa de pensar o desenvolvimento, como o diretor Executivo do Center for Responsible Business & Leadership na Católica-Lisbon, Nuno Moreira da Cruz.

Mas também se dá a palavra aos lisboetas, para tomar o pulso ao que sentem sobre o papel e o poder das pessoas.

E, finalmente, cruzam-se, numa conversa em estúdio, as opiniões da diretora de Pessoas e Organizações da Fidelidade, Joana Queiroz Ribeiro; da administradora do Grupo ETE Andreia Ventura; da COO do Omnicom Media Group, Joana Garoupa; e do mentor do Greenfest, Pedro Norton de Matos.

Partilhe

Talk

A sustentabilidade como motor de inovação e empreendedorismo